• contato@karinfranca.com

Lush lança no Brasil o Charity Pot

Lush lança no Brasil o Charity Pot

Lush Charity Pot

Hoje o post é especial, venho falar do lançamento no Brasil da Lush Charity Pot. O produto é um creme corporal que tem o valor das vendas revertidas em projetos sociais. Legal, né?

Lush Charity Pot

Charity Pot é um hidratante para corpo e mãos que tem toda venda mundial (exceto impostos que vão para o governo) revertida para projetos sociais, cuidadosamente selecionados, que atuam diretamente na raiz dos problemas de diretos humanos, dos animais e meio ambiente. Só no ano passado, o projeto arrecadou £5.6 milhões globalmente e desde o seu lançamento em 2007, foram mais de £15.5 milhões doadas para causas ao redor do mundo, tais como: Frack Off London, Sea Sheperd, Climate Rush, Humane Society International, Beagle Freedom Project (BFP) e Reprieve. Alguns projetos brasileiros também foram apoiados pelo Charity Pot internacional, como o Santuário de Elefantes; ARCA – Aliança de Regeneração da Cultura Ambiental; Rio Doce Vivo; Instituto Elos Brasil – Jogo Oásis; Fundação Arayara – Projeto Não Fracking e a Associação Crianças de Luz. O Charity Pot (encontrado nas versões 240g e 45g) conta com uma versão livre de conservantes sintéticos que benecia tanto boas causas quanto a pele, ao redor do mundo. Com aroma oral, o produto contém seis ingredientes obtidos pelos projetos do Fundo Sustentável Lush (SLush Fund). Além desses benefícios, a formulação também possui matérias-primas como óleo de oliva adquirido pela cooperativa Sinyanna of Galilee, liderada por mulheres na Região Norte de Israel. Fundada por cidadãs judias e palestinas, a cooperativa tem como objetivo abrir o mercado restrito de Israel para fazendeiros palestinos, como uma demonstração de cooperação pacíca e empoderadora de mulheres.

O Fundo Sustentável Lush (SLush Fund)

O SLush Fund foi criado em 2010 com o intuito de dar um passo além das práticas éticas de compra de matéria prima obtida por comércio justo, já praticada pela Lush ao redor do globo. O SLush procura, além disso, desenvolver parcerias de apoio com as comunidades que produzem esses ingredientes. Cerca de 2% do valor total gasto na compra de em matérias primas e embalagens para fabricação dos produtos Lush, no mundo inteiro, são doados para o Fundo, que utiliza o dinheiro para começar plantações sustentáveis e projetos regenerativos em comunidades. Desde o início do projeto, mais de £2 milhões foram arrecadados, apoiando cerca de 32 projetos em 19 países. Para a produção global só do Charity Pot são utilizados materiais de sete destes projetos: óleo de pau rosa do Peru; óleo de ilangue ilangue de Swedru – Gana; óleo de gerânio da Mountain Organic Farming em Nanyuki, no Quênia; folhas frescas de babosa da Laikipia Women’s Aloe Group e Permaculture Centre, no Quênia; óleo de acácia branca de Techiman, em Gana; manteiga de karité obtida por comércio justo da Women’s Ojoba Colective, em Gana; manteiga de cacau orgânica obtida por comércio justo da Comunidade da Paz da Colômbia, formando então a base do produto. Usando os três principais princípios do movimento de permacultura: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e Divisão Justa, o SLush Fund permitiu à Lush alcançar uma alternativa orgânica e sustentável para a agricultura convencional. Apesar de serem iniciativas completamente separadas, ao usar ingredientes do SLush Fund no Charity Pot os clientes podem apoiar algumas destas iniciativas de plantações alternativas, além de arrecadar fundos para ativistas de projetos de conscientização por todo o mundo.

Para maiores informações entre no site do projeto da Lush Charity Pot

Karin França

Deixe uma resposta