• contato@karinfranca.com

Ruivo ao roxo! Sem descolorir, sem limpeza. Com Violeta Genciana

Ruivo ao roxo! Sem descolorir, sem limpeza. Com Violeta Genciana

Olá povo, hoje vim contar como foi minha transformação do ruivo ao roxo! Sem descolorir, sem limpeza. Com Violeta Genciana. Estava querendo mudar pro roxo a muito tempo e aproveitei essa moda de ruivo pra fazer a transformação e ficar diferente. Pesquisei bem e optei pela violeta genciana e gostei bastante do resultado.

Ruivo ao roxo! Sem descolorir, sem limpeza. Violeta Genciana

Antes de pintar o cabelo todo, fiz testes para saber se eu ia precisar descolorir ou fazer uma limpeza e vi que pelo tom de ruivo que meu cabelo estava, nao ia ter necessidade. Meu ruivo não era escuro, como vocês podem ver na capa do vídeo. Fiz várias misturas diferentes de teste em mexas, mas optei por misturar com o creme branco mesmo. Eu coloco a violeta genciana até ficar da cor que eu quero, deixo ficar bem roxo. Olha na foto como faço, o mais violeta que eu consegui.hehehe

Ruivo ao roxo! Sem descolorir, sem limpeza. Violeta Genciana

Como eu fiz para pintar? Primeiro, lavei com shampoo, sequei o cabelo, aí apliquei a mistura da violeta com o creme branco e deixei por 1h no cabelo. Depois só lavei com água. E pronto.

Estou usando também um creme de reconstrução depois que tiro a mistura com a violeta. Depois da pausa de 1h, eu lavo com água, deixo a máscara de reconstrução, eu uso Morte Súbita da Lola ou Mary Help da Leads Care, deixo o tempo de pausa que cada uma pede e retiro com água. Muitos dizem que a violeta genciana resseca o cabelo, mas como misturo com creme e depois uso o reconstrutor, não sinto nada disso de ressecado.

Para saber mais sobre os testes de mexas e como fiz tudo, é só assistir ao vídeo. E o que vocês acharam? Eu gostei bastante do resultado. Não sei por quanto tempo, pois acho que cor fantasia dá muito trabalho, eu acabo ficando meio que com preguiça, hahaha. Mas acho bem bonito. Bom, vamos ver o que o futuro me aguarda. Beijos povo e até o próximo vídeo. 🙂

Karin França

Deixe uma resposta